Dia de Campo destaca os avanços da olivicultura no Brasil em Maria da Fé

Azeite da Serra da Mantiqueira se destaca pelo frescor e aroma frutado – DivulgaçãoEpamig

No próximo dia 23 de março será realizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerias (Epamig), em Maria da Fé, durante o 13º Dia de Campo de Olivicultura. Segundo a empresa a primeira extração de azeite de oliva extravirgem no Brasil completa 10 anos em 2018, e este marco e os avanços obtidos pela cultura na região da Serra da Mantiqueira serão destaques no evento.

A Epamig desenvolve desde a década de 1970, no Campo Experimental de Maria da Fé, pesquisas para a adaptação de cultivares de oliveira, produção de azeitonas e de azeite. A primeira extração feita com máquina artesanal foi realizada em 2008. O resultado obtido na ocasião foi cerca de 40 litros de azeite. Já em 2017 foram produzidos 42 mil litros de azeite extravirgem e há a perspectiva de que esse número possa dobrar na safra atual.

Hoje, cerca de 40 marcas de azeites são produzidas na Região da Serra da Mantiqueira, que abrange municípios de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

Segundo o coordenador do Programa Estadual de Pesquisa em Olivicultura da Epamig, Luiz Fernando de Oliveira, de 2008 até agora a principal mudança que notamos foi no interesse dos produtores, pois naquela época haviam 3 ou 4 produtores se dedicando à cultura, hoje são cerca de 160 aqui na região e alguns municípios do Espírito Santos, informou o coordenador.

De acordo com os números da Associação dos Olivicultores dos Contrafortes da Mantiqueira (Assoolive) já são 18 os olivicultores que tem investido também em lagares próprios (espaços para a extração).

Segundo o coordenador do programa, Luiz Fernando, destaca ainda o avanço nas tecnologias para a obtenção de um produto de qualidade. “Hoje, nós temos uma experiência muito maior, tanto no processo quanto no conhecimento deste azeite produzido na região. Um azeite fresco, com cheiro e aroma frutado, que chega ao consumidor em um intervalo curto após sua extração e com características sensoriais de amargo e picância distintas às de outras regiões produtoras”, afirmou.

Informões técnicas e gastronômicas

O Dia de Campo contará com cinco palestras, que vão destacar os 10 anos da primeira extração e avanços alcançados; qualidade do azeite; comercialização; plantio e tratos culturais; e associativismo na olivicultura. Acontecerá simultaneamente a 3ª Mostra Tecnológica, onde serão expostos maquinários e implementos agrícolas para uso na olivicultura.

O evento deste ano tem como grande foco a comemoração dos 10 anos da primeira extração e estandes com produtos derivados, sabonetes, cosméticos, chocolates e artesanatos com a madeira da oliveira, informa o pesquisador Pedro Moura.

Outra novidade, será a oficina de gastronomia “Cozinhando com o Chef”. Na oportunidade, o chef Ronie Peterson, do Hotel Senac Grogotó em Barbacena, preparará receitas usando o azeite extravirgem da Epamig.

A oficina para 80 participantes acontecerá paralelamente às demais atividades do Dia de Campos e as inscrições são gratuitas.

Serviços:

13º Dia de Campo de Olivicultura

Data: 23 de março de 2018 (sexta-feira)

Horário: 7h30 (Inscrições gratuitas no local)

Local: Campo Experimental da Epamig em Maria da Fé

Endereço: Rua Washington Alvarenga Viglioni, s/nº – Bairro Vargedo.

Informações: (35) 3662-1227 / cemf.evento@epamig.br

Fonte: Agência Minas

Compartilhe

Copyright © Guia Comercial Alfenas – Portal I9Minas (INOVE Minas) – Alfenas-MG - Guia Comercial Alfenas, Guia OnLine, I9 Alfenas, Portal i9 Alfenas